domingo, 9 de março de 2008

Tudo Bem no Bamba

1986. Fazem 22 anos, e parece que foi ontem... Meu primeiro trabalho escrevendo para crianças não foi com livros, foi escrevendo roteiros de TV. Nesse ano, 86, eu passei a fazer parte da equipe de roteiristas do programa Bambalalão, da TV Cultura de São Paulo.

Durante 4 anos frenéticos escrevi teleteatros para o bloco central do programa (foram 233), contos para o contador de histórias narrar (foram 150), bonecovelas, esquetes para os atores, mini-seriados... Trabalhar no Bamba era sempre uma surpresa, uma descoberta, um desafio.

Durante 4 anos vertiginosos eu convivi com aquelas pessoas talentosas: Memélia de Carvalho, Gigi Anheli, Silvana Teixeira, João Acaiabe, Helen Helene, Dulce Muniz, Fernando Gomes, Chiquinho Brandão, Gérson de Abreu, Carlos Barreto, Álvaro Petersen, Mauro Padovani, Claudio Chekmati, Carla Masumoto, Jésus Seda e mais um monte de alegres palhaços e outros atores e bonequeiros fantásticos. Sem esquecer os Diretores, o pessoal da área educativa, que assegurava a qualidade pedagógica dos roteiros, e de toda a equipe técnica que ajudou a fazer um dos programas infantis mais criativos da TV brasileira. Os outros roteiristas também eram escritores maravilhosos, e com todos eles eu fui aprendendo não só a escrever para crianças e jovens, mas fui percebendo o verdadeiro sentido de se contar uma história bem contada e capaz de encantar olhos e ouvidos, de deixar marcas, de perpetuar lembranças.

A responsável por eu ter entrado nesse mundo maluco e fascinante que é a televisão foi a queria Memélia, Maria Amélia Magno de Carvalho, que me incentivou a escrever sem parar até que fui aceita no time. Se não fosse por essa grande amiga, talvez eu não tivesse me tornado uma escritora...

O Bambalalão esteve no ar por 10 anos, de 1980 a 1990. Foi um marco na nossa televisão, e provou que é possível se fazer programas infantis de qualidade e capazes de encantar os telespectadores – sem vender nada, sem grandes recursos técnicos, sem hipocrisia, sem comprometimento ético. Era um programa honesto, vivo, e dava espaço para a criatividade do time todo. Fui muito feliz por ter trabalhado com todos eles, ainda hoje queridos amigos meus, embora alguns já tenham partido. Fica a saudade e a certeza de ter feito parte da história da TV Brasileira. Tudo bem no Bamba. Para sempre!

Foto 1: Acaiabe conta história e Beiral (Álvaro) faz um desenho.
Foto 2: Silvana e Dulce representam uma das minhas histórias.
Foto 3: Gigi, Pam-Pam e Silvana abrem o programa.

9 comentários:

Sah "the sadgirl" disse...

Shelob, você me deu vontade de me jogar no seu pescoço agora...

Eu tenho guardadas com imenso carinho as fotos das vezes em que fui no Bambalalão. Foi um programa muito formador pra mim, uma lembrança muito querida da infância...

Muito obrigada por ter feito parte daquilo... era tão simplesmente mágico para mim...

Harië Silmë

Rafaela disse...

Rosana,meu nome é Rafaela, estudo no CEI(Centro Educacional Imbuí),na cidade de salvador.Estou fazendo um trabalho com seu livro,mas não encontro a sua bibliografia em nenhum lugar.Gostaria que se fosse possível a senhora me enviasse referências de onde encontrar.

Rosana Rios disse...

Rafaela, olhe no meu site: www.segredodaspedras.com
Lá há biografia, bibliografia e e-mail para contato comigo.

Yuri disse...

Oi, Rosana! :-D
Aproveitei pra dar uma passadinha por aqui e deixar um beijão.
Ah, sim, e parabenizar pois o Bambalalão fez parte da minha infância. Com certeza foi o melhor programa infantil dos tempos e lamento por não haver o mesmo caráter na TV como naquele tempo.
Um super beijo!!!
Yuri

ANA PAULA F. GERVONI disse...

nossa...q lindo...que saudades dessa época que ru era criança e não perdia um bambalalão. Parab´ns

Helen disse...

Esse post já tem algum tempo, 2008, mas acho que ainda está em tempo de comentá-lo.

Não dá, simplesmente, não dá para não se emocionar ao falar de Bambalalão!!!!
É incrível o poder que ele tem até hoje!!!

Somos adultos, quem viveu o Bambalalão, hoje, são pais e mães de família, e ainda assim, revive, como se voltasse no tempo!!!!

Ahhhh, que delícia é relembrar!!!

O Bambalalão foi na nossa infância o que o Harry Potter é nos dias atuais, pura magia.

A única diferença é, que a nossa varinha de condão estava na imaginação de cada criança que assistia, nas artes simples e divertidas, no teatro de bonecos que, se vacilar eu ainda tento conversar com eles como se fossem verdadeiros, nas histórias contadas com tamanha emoção, que nos fazia viajar no universo encantado.

Eu vivi os tempos de Bamba, e posso dizer que completou a minha infância.

Muito obrigada por ter feito, mesmo que por trás das câmeras, parte das minhas melhores fantasias de infância, meu período mais feliz na vida.

Grande abraço,

Helen

Anônimo disse...

Não sei se a Rosana Rios vai ler este comentario pois já faz 5 anos que este site foi postado Vc Rosana tambem escreveu para o Agente G na tv Record e lá estava o Gerson de Abreu,a Silvana Teixeira, o Chekmatti e o Alvaro Petersen o Gerson e o chekmatti estão no céu alegrando os anjos ! O Alvaro Pertersen mora em Campinas e é professor pelo que fiquei Sabendo e a eterna Princesinha do bamba a Silvana não está mais na vida artistica hoje ela é proprietária de um pet hotel em Embu das artes s.p. Gostaria que ela retomase a carreira pois a Gigi ainda está na ativa! E o Agente G foi um grande programa tambem pena a Tv Record não dar importancia ao setor infantil este foi o unico programa infantil de qualidade que esta emisora teve! Uma pena as tvs principalmente as comerciais menosprezarem as obras educativas em nome de uma audiencia apelativa e de mau gosto fica para quem gosta de cultura só a saudade dos bons tempos!

Rosana Rios disse...

Olá, Anônimo! Muito legal seu comentário. Sim, o Bambalalão e o Agente G eram ótimos programas infantis... tenho saudades daquele trabalho tão rico, e de toda a turma. Obrigada por lembrar de nós!

Anônimo disse...

Olá Rosana Rios meu nome é Ronaldo e ao ver que teve comentários recentes neste post resolvi te escrever pois este ano de 2013 realizei um sonho de conhecer as duas apresentadoras que amo e sempre amei a SILVANA e a GIGI a Sil no seu pet hotel no dia 1o de abril me recebeu de uma forma muito carinhosa vi que continua linda e é mais linda ainda como ser humano! A Gigi e seu esposo o Xyss no dia 08 de Junho e alem de duas fãs super dedicadas a Kátia e a Denise que sempre os aconpanha em espetáculos o show foi em osasco na encenação de contos da água a Gigi tambem continua linda e fantastica contadora de histórias e nem precisa dizer um ser humano cheio de luz o Doctor Xyss um musíco de primeira rockeiro e bluseiro me indentifiquei logo de cara pois amo este genero musical! Ganhei dele o cd CABEÇAS PENSANTES! 2013 des de já se tornou como o melhor ano de minha vida! Fique com Deus Rosana e obrigado por este espaço!